Pular para o conteúdo

Código Fiscal de Operações e Prestações (CFOP)

    O sistema possui uma lista de Códigos Fiscais de Operações e Prestações (CFOP) pré definido, nela você pode ativar aquelas que sua empresa utiliza na emissão de notas fiscais.

    CFOP é (Código Fiscal de Operações e Prestações das entradas e saídas de mercadorias ). Nada mais é do que um código numérico que identifica a natureza de circulação de uma mercadoria, prestação de serviço ou transportes. Facilitando a identificação, finalidade de utilização e cobrança de impostos.

    A CFOP define se a operação fiscal terá que recolher impostos ou não. O seu código deve ser indicado obrigatoriamente em todos os documentos fiscais da empresa quando houver entradas e saídas de mercadorias, ou qualquer movimentação fiscal da empresa.

    Para entender melhor, vamos conhecer como a CFOP é composta:

    Primeiro dígito: evidencia se o produto ou a atividade é de entrada ou de saída.

    Prefixos :

    1 – Entrada de Mercadoria ou Aquisição de Serviços de dentro do Estado.

    2 – Entrada de Mercadoria ou Aquisição de Serviços de fora do Estado.

    3 – Entrada de Mercadoria ou Aquisição de Serviços do Exterior.

    4 – *Prefixo não utilizado

    5 – Saída de Mercadoria ou Prestação de Serviços para dentro do Estado.

    6 – Saída de Mercadoria ou Prestação de Serviços para fora do Estado.

    7 – Saída ou prestações de serviços para o exterior

    Segundo dígito: mostra qual é o grupo ou a operação referida no documento fiscal.

    Define se ele foi produzido pela sua empresa ou por terceiros.

    Terceiro dígito: identifica se o produto é uma matéria-prima, ou por quem será consumido.

    Quarto dígito: respeito a venda, compra, ou qualquer outra finalidade que ele possa ter.

    Para acessar a lista :

    Caminho: Consultas > CFOP’s

    Ao acessar a Lista de CFOP’s será possível localizar aquela que você deseja utilizar, pelo Número ou pela Descrição da CFOP.

    Utilizando os filtros : AtivosInativos Todos é possível visualizar aquelas que sua empresa já ativou para o uso ou aquelas que não estão ativas. Efetuando assim a configuração das mesmas.

    Para acessar as configurações da mesma dê duplo clique sobre ela:

    Para que a CFOP apareça para seleção na hora da emissão da nota fiscal, ela deve estar Ativa e caso deseje que a nota fiscal gere financeiro e apresente as parcelas na impressão da nota fiscal o checkbox Fatura deve ser marcado na CFOP.

    Essas são as configurações básicas para utilização da CFOP.

    Nos paramêtros da CFOP, aba Geral :

    1. Checkbox Header : faz prevalecer as informações tributárias ( ST PIS, %PIS, ST COFINS, %COFINS, ST IPI e CST) contidas na CFOP, sobreescrevendo as informações anteriores dos produtos e grupos sem alterar o cadastro original.
    2. Checkbox Fatura Serviço:
    3. Checkbox Sem Estoque : Caso marcado na emissão na Nota Fiscal não altera estoque;
    4. Checkbox Sem Valores:
    5. Checkbox Mensagem do Total Aproximado dos Tributos : Adiciona a mensagem nos adicionais da nota e o valor aproximado na Nota Fiscal;
    6. Checkbox Soma Ipi na BC do ST : Soma o valor do IPI junto da Base de Cálculo da Substituição Tributária;
    7. Campo MVA e %ICMS: :
    8. Seleção Base de Cálculo ICMS:

    Na aba Simples Nacional :

    1. Checkbox ICMS : Usado para empresas do simples nacional, para realizar o cálculo de ICMS, para CST 900.
    2. % Aproveitamento de Crédito ICMS :

    Na aba Real/Presumido:

    1. Checkbox ICMS Zero : Zera os valores de ICMS. Usado pelas empresas de enquadramento diferentes do Simples Nacional.

    Botão Impostos :

    Botão Informações Adicionais :

    Informações Adicionais de Interesse do Fisco:

    Informações Complementares de Interesse do Contribuinte :

    são informações adicionais da nota , campo permite que seja informado um texto padrão que sairá em todas as notas que utilizarem determinada CFOP.

    Toque para Classificar!